Busca por Artista

Foram encontrados 3 Discos.
Visualizados: 1 a 3 .


Primeira
Página

Página
Anterior

Próxima
Página

Última
Página
Haddad
Clique para maiores detalhes.
R$ 18,90

Deuses, Anjos, Homens e Bestas
1997 - Brasil - Long Live Rock
Ótima descoberta de Vitória, Espírito Santo. Letras inteligentes, melodias memoráveis e um soft prog para muitas audições. Boas passagens de teclados.


 
Haddad
Clique para maiores detalhes.
R$ 9,90

Orion
2000 - Brasil - Rock Symphony SALE
Quarto disco da banda capixaba finalizado em 1999, mas lançado apenas no ano 2000. Gustavo e Leandro (ambos do "clã" Haddad) surpreendem mais uma vez com este belo disco. Se no anterior "Deuses, Anjos, Homens e Bestas" as letras e o vocal melancólico já impressionavam, neste então temos isto em dobro, já que este Orion segue a mesma linha de "Deuses..." . Destaque para todas as faixas instrumentais (grande parte do disco) e para Prelúdio do Ópio/Ópio da Razão Insuficiente, Sweet, A Folha Seca e os teclados e letras de Onion Stone. Uma beleza acústica singular passeia por todo o disco. A bela capa é de um parque de Vitória (ES), onde está localizada a Pedra da Cebola. Ponto para a simplicidade eficiente do Haddad. Vocais em português.


 
Haddad
Clique para maiores detalhes.
de R$ 19,90
por R$ 9,95

Ars Longa Vita Brevis
2003 - Brasil - Rock Symphony
Sexto CD da banda capixaba, que mostra revitalização em seu trabalho, sem deixar de lado as boas características: riffs de guitarra, timbres de teclado e a poesia, a grande marca registrada da banda. O 11/09 não passa em branco no (ótimo) recado de Roma Atômica ("Boeings errantes, aterrorizantes/Cartas-toxinas de antraz/Alheia às mudanças do clima/Tua voz desafina os corais") e também na melancólica faixa-títiulo, com a intervenção de sax perfeita do patriarca Zezito. O disco é metade instrumental, metade cantado, com letras em português e inglês onde os irmãos Haddad mostram-se excelentes compositores. A grande diferença reside na bateria: Sérgio Melo mostra porque é um dos melhores do gênero no Brasil. E pela primeira vez uma composição de um dos músicos da banda (no caso de Pelissari) entrou no CD, que é a acústica Pinky's Boogie. Atenção pois as resenhas-clichês internacionais certamente irão comparar esta música à Mood for a Day, de Steve Howe. Resumindo: é o melhor disco da banda até então (páreo duro com Deuses, Homens... e Orion). Atenção para a instrumental Dança das Águas, quase perfeita. Já são quase 15 anos de existência e muito rock and roll, blues e rock progressivo na carreira! Ars Longa Vita Brevis (sim, o mesmo nome do The Nice) é o seu disco com o maior cuidado na produção.


 

Primeira
Página

Página
Anterior

Próxima
Página

Última
Página

3 Discos

Visualizados: 1 a 3

Artista - ordem Alfab.:
País:
Selo:
Álbum:
Artista:
Outros Produtos: